Como podemos fazer uso das Velas

1 – PASSO A PASSO PARA ACENDER UMA VELA

 O primeiro passo para se acender uma vela é tratá-la como um instrumento mágico. Portanto, deve-se consagrá-la e imantá-la dando-lhe um objetivo, uma função. Uma das formas que se pode imantar uma vela é com sua “essência” (perfume), sopro, saliva, etc. Uma prece, ou um pensamento, deve ser dirigido à vela ao acendê-la.

Cada cor de vela tem seu significado e, com isso, uma função. Mas não deve ser esquecido que, na ausência de uma vela de cor específica, a força do seu pensamento ou a sua intenção é o que mais vai contar.
                   

2 – AS CORES


A natureza nos proporciona constantemente variados matizes. Um brilhante céu azul pode elevar nosso espírito e um céu escuro e nublado podem fazer-nos sentir deprimido e desenergizados. A radiação solar traz alegria a muitos de nós. Cada estação do ano tem diferentes tons.

Tudo tem certa frequência de vibração e isto se aplica a todos os órgãos do corpo humano também. Quando ocorre qualquer desvio da vibração normal tem-se um índice de que o órgão não está funcionando adequadamente. A cor é uma vibração pura e quando usada na tonalidade certa e focalizada no lugar certo pode corrigir o problema e reconduzir o corpo à saúde.

As cores podem ser empregadas num processo de autoterapia ou recomendadas para pacientes, podendo ser aplicadas através de uma lâmpada colorida, roupas, velas e etc.

 

3 – CORES PRINCIPAIS, QUENTES E FRIAS

Há sete cores principais no espectro: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta.

As cores quentes são: vermelho, laranja e amarelo.
As cores frias: verde, rosa, azul, índigo e violeta.

 

4 – VELAS E SEUS SIGNIFICADOS

BRANCA
 

Traz paz de espírito, tranqüilidade, harmonia, proteção. Símbolo da paz e da pureza, a cor branca resulta da mistura de todas as cores. A vela dessa cor enaltece a espiritualidade, sendo indicada para quem pratica meditação ou se dedica às artes divinatórias. Tem ligação com a energia lunar, que por sua vez estimula a intuição e a feminilidade. Também favorece a cura e a purificação dos ambientes ou do espírito. Ajuda a enxergar com maior clareza as verdades ocultas e abre as portas da percepção. Pode ser usada como um "coringa", ou seja: se você não tiver velas de outras cores, poderá programar a vela branca para qualquer tipo de magia ou pedido. A vela branca pode ser usada na maioria dos rituais porque o branco pode ser aceito em todas as operações, salvo nos casos em que o ritual especifique a cor. Nesse caso a cor certa deve ser providenciada na primeira oportunidade.

PRETA
   

Favorece a interiorização, a expansão do inconsciente e a introspecção, que muitas vezes se faz necessária para quem se dedica à prática devocional ou aos estudos elevados. Também é muito usada em rituais de reversão, ou seja, para "desmanchar" algum mal que eventualmente tenha sido feito. Nessas ocasiões, ela simboliza as forças negativas que precisam ser banidas ou anuladas.

 

DOURADA

 

Ativa a compreensão e atrai as influências dos poderes cósmicos; beneficia rituais para atrair dinheiro ou sorte rapidamente. Simboliza a energia solar. Poderes divinos masculinos, magias e rituais para encorajar, remover a negatividade e promover a estabilidade.

 

AMARELA
 

 

É a cor da comunicação, do intelecto, do aprendizado, da criatividade. A vela amarela também é indicada para as magias de atração, favorecer o charme e o poder de convencimento (persuasão). Associada à energia solar, a vela amarela traz inspiração e auxilia as magias para prosperidade.

     LARANJA
           

Está relacionada à vitalidade, ao bem-estar físico, ao entusiasmo, à liderança, à busca do sucesso. Estimula a energia, favorece as metas profissionais e o sucesso. Estimula a criatividade em geral. Abre o apetite.

 

VERMELHA
   
    

Usada para ativar a energia, potência sexual, paixão, amor, fertilidade, força, coragem, vitória em assuntos complexos e aumento do magnetismo em um ritual. Também pode ser usada para ultrapassar o medo e a preguiça. Ajuda a atingir metas. Sendo a cor de Marte e também a cor do sangue, o vermelho se relaciona às questões de ordem física, assuntos terrenos, sendo uma cor muito usada quando se pretende obter resultados rápidos.

 

AZUL ESCURO

 

É indicada para atrair harmonia, para expandir a mente, para encontrar a paz interior. Também favorece a saúde mental, a criatividade, a paciência, a sabedoria, a fidelidade, a compreensão, a sabedoria, os bons sentimentos e a busca da verdade. Beneficia os novos conhecimentos (intelectuais e espirituais) e a realização de feitos como a projeção astral e a abertura dos canais intuitivos. Usada antes de dormir, ajuda a ter um sono tranqüilo, mas também pode induzir a sonhos proféticos. É a vela certa para magias que visem garantir harmonia doméstica e estabilidade no emprego.

 

AZUL CLARO
 
  

Seus atributos são a espiritualidade, a harmonia, a inspiração, o sentimento devocional, a alegria e a jovialidade. Tem tudo a ver com as práticas religiosas ou ligadas à arte de meditar. É muito útil para casos em que se faça necessário restabelecer a paz doméstica. Usa-se nos rituais mágicos que visem à harmonização, introspecção e contato com os planos sutis. É uma vela específica para atividades devocionais.

 

  VERDE  ESCURO
 

Magias que envolvam fertilidade, propriedades, abundância e saúde.

 

VERDE CLARO
 

Muito importante em rituais que envolvam Vênus. Funciona como reforço. Também favorece a fertilidade e as relações sociais. Jovialidade e rejuvenescimento.

 

MAGENTA
 

Para um rápido desenlace. Rituais que requeiram ações imediatas. O magenta é uma combinação de vermelho e violeta e por isso oscila em altíssima frequência. Pode ser usada para transformar relacionamentos em crise.

 

 VIOLETA
         

Antes de mais nada, lembre-se de que o violeta é uma cor esterilizante: limpa e purifica. Favorece a cura física e espiritual, manifestações psíquicas e feitiços que envolvam poder, intuição, transformação, transmutação, contatos com o astral, ataque e defesa.

 
   PRATEADA     

          

Usada em rituais para desenvolver a intuição e o poder feminino, assim como para vidência. Por estar ligada a energia lunar, encoraja, estabiliza e remove energias negativas.

    MARROM
            

Pode ser usada em magias e rituais que envolvam equilíbrio, estabilidade financeira, proteção familiar e de animais domésticos, além de força material. Favorece o poder de concentração. Ajuda a fortalecer a vontade e eliminar a indecisão. Muito utilizada para rituais de justiça.

MISTAS
    

Velas com duas ou mais cores combinadas. Isso já requer maior experiência no assunto. Contudo, o mesmo efeito pode ser conseguido acendendo-se duas (ou mais) velas ao mesmo tempo.

 

 

     5 – A CURA ATRAVÉS DAS CORES DAS VELAS

VERMELHO

Está ligado ao elemento fogo e estimula e excita os nervos e o sangue. Promove a liberação de adrenalina e estimula os nervos sensoriais. Ativa a circulação sanguínea, excita os nervos cerebrospinais e o sistema nervoso simpático. Revitaliza o corpo físico, mas, por ser tão poderosamente estimulante, deve ser usada com cautela. Superestimação pode ser perigosa. Saúde significa equilíbrio. O vermelho é contraindicado em todas as inflamações e em muitos dos casos de perturbações emocionais. Nunca se deve fazer um tratamento exclusivamente com vermelho é preciso complementá-lo com uma radiação com verde ou azul.

 

LARANJA

A cor laranja está situada entre o elemento fogo e o elemento terra, portanto, carrega um pouco das características dos dois elementos. É uma combinação do vermelho e do amarelo. Tem efeito antiespasmódico. Bom no tratamento das cãibras musculares e nos espasmos. O laranja auxilia o metabolismo do cálcio e fortalece os pulmões, pâncreas e baço. Esta cor acelera a pulsação, mas não eleva a pressão sanguínea. Fornece energia ao baço e pâncreas. O laranja fortalece o corpo etérico, vivifica as emoções e cria um sentimento geral de bem-estar.

 

AMARELO

Está relacionado ao elemento terra, ativa e gera energia nos músculos motores. Favorece a digestão, mas se usada durante muito tempo pode provocar diarreia porque estimula o fluxo de bile. O amarelo afasta os parasitas, melhora a condição da pele e purifica o sangue. O amarelo pode deprimir o baço. Sob o ponto de vista psicológico, afeta a melancolia e o desespero. É a cor do intelecto e da razão. O amarelo é contra indicado em casos de inflamação aguda, delírio, diarreia, febre, super excitação e palpitações.
 

VERDE
A cor verde está relacionada ao elemento terra. É a cor média do espectro. Alivia a tensão, mas usado em excesso torna-se enfadonho. Estimula a glândula pituitária e é um reconstrutor dos tecidos e músculos. O verde é um desinfetante; libera e ao mesmo tempo regula o corpo elétrico e recupera o corpo astral que tenha sofrido choque, fadiga, moléstia ou emoções negativas.

 

ROSA
Está ligado ao elemento água, às forças do coração. Esta vela atrai seres e forças ligados a este plano sutil. A vela rosa simboliza o amor incondicional e as relações regidas por afeto intenso. Provoca a atração e desperta a sensibilidade e os sentimentos nobres e puros. Protege o tato, a sensibilidade, o metabolismo, as funções renais, os órgãos sexuais femininos, a região lombar, a derme e o cabelo. Ela concede a harmonia necessária que deve haver entre as funções orgânicas. Evita o contágio e a propagação das doenças venéreas, assim como a depressão.

 

ÍNDIGO

É refrigerante, adstringente e elétrico. Atua sobre as paratiróides, mas deprime as tiróides. Quando a tiróide está sobrecarregada devem-se tratar as paratiróides com índigo. Purifica a corrente sanguínea e prepara os leucócitos no baço. Reduz ou mesmo estanca hemorragias. Sempre que hemorragia excessiva estiver presente, trate as paratiróides com índigo. Reduz o ritmo respiratório e tonifica os músculos. Usado demoradamente tem efeito anestésico, além disso, afeta a visão, audição e paladar. Afeta também os níveis emocional e espiritual e auxilia no tratamento de moléstias mentais, como o "delirium tremens” e a insônia. Podem-se curar obsessões com ele.

 

VIOLETA

Estão presentes no éter e em todos os outros elementos na sua forma purificada. Deprime os nervos motores e o sistema linfático, bem como o sistema cardíaco. Purifica o sangue e promove a produção de leucócitos. O violeta mantém o balanço de potássio no corpo. Detém o crescimento de tumores. No tratamento de pacientes operados de câncer, três cores podem auxiliar: azul, índigo e violeta. O azul acelera o metabolismo, promove crescimento e supuração. Cura queimaduras muito rapidamente. O azul é a cor da intuição e das faculdades mentais elevadas. O azul é contra indicado para resfriados, gota, hipertensão, contrações musculares, paralisia, reumatismo crônico e taquicardia (batimento cardíaco acelerado).


6 – CORES E SEUS ELEMENTOS

Água - Verde água, azul claro ou branco.
Ar - Azul ou Branco.
Terra – Verde, Marrom ou Amarelo.
Fogo - Vermelho, Laranja, ou Amarelo.
Éter - Violeta, Lilás, Branco, Prata ou Dourado

 

7 – RECOMENDAÇÕES PARA USO DE VELAS EM PROCESSO MÍSTICO

Nunca se deve apagar uma vela com um sopro. É o mesmo que estar afastando da chama a presença espiritual que ali se manifestou, o que pode gerar distúrbios espirituais.

Deve-se sempre acender e apagar uma vela com a mão esquerda, tal como  deve-se fazer com o incenso, que simboliza o contato com o mundo espiritual, ao passo que a mão direita significa o universo dos atos terrenos.

O ato de apagar e acender uma vela devem ser realizados com reverência e respeito, em ambiente sereno e com fé, dizendo uma oração de invocação ou agradecimento no início, e proferindo outra oração ou agradecimentos no final.



 

Videntes e Tarologos Online usa cookies em seu site. Eles são utilizados para coletar informações a fim de melhorar sua experiência em nossa plataforma. Você quer saber mais sobre o que são cookies? Acesse nossa Política de Privacidade! Lembrando então que ao continuar a usar este site sem alterar suas configurações, você concorda com o uso de cookies.